Divagações

Liberdade

Palavra controversa. No dia a dia associa-se a fazer tudo aquilo que se pensa. Sem travas. Sem limites.

Na filosofia, um espaço de escolha e responsabilidade. Uma decisão entre a vontade e sublimação do desejo. O exame pela consciência que reconhece o apelo dos sentidos.

Um espaço de tempo para uma escolha. Que não tem volta.
Tempo esse muitas vezes sequer criado. Atropelado. Enlaçado pelo mundo prestes a desmanchar.

Devoro o tempo. Ou ele me devora. Um segundo no tempo
E o momento se foi. Pode ser oportunidade perdida. Pode ser confusão impedida.

Quem é que sabe a justa medida?

Entre impulsos e dilemas, sabe bem quem está na presença. Até lá talvez se perca muitos momentos.

Talvez se salve…apenas a cabeça.

Ligia Tosetto do Prado

http://www.surrealizacion.com

Deixe sua marca por aqui! Adoraria ouvir o que você tem a dizer!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s