(Ins)pira

Quem sou eu?

Quem sou Eu?

Um dia eu me fiz essa aparente simples pergunta.

Me neguei a aceitar meu cargo, meu histórico escolar ou meus títulos para designar quem eu era.

Me comprometi a descobrir o que me fazia bem e como poderia despertar nas pessoas a importância de prestar atenção nos momentos simples da vida.

Percebi cedo que as conquistas do mundo do sucesso tampouco preenchiam quem eu era.

Senti a tristeza do desencantamento. O mundo por um segundo se torna um local escuro de se viver quando todo o seu foco é o dinheiro.

Descobri em encontros inesperados, longas conversas que alternavam uma fala sincera e uma escuta comprometida o preenchimento de partes de quem eu seria.

Percebi logo cedo o valor de uma troca. O profundo toque do amor em um abraço.

Somos muito mais do que imaginamos ser.
O mundo nos reserva tantos bons momentos quanto permitamos que ele apresente.

Está tudo dentro de nós.

Quem sou Eu?
A pergunta mais enigmática, desafiadora e a única pela qual faz sentido viver.

 

li curto

 

 

Deixe sua marca por aqui! Adoraria ouvir o que você tem a dizer!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s