Divagações

Moinho

Tentar fazer o moinho parar de girar é tentar colocar a pedrinha ali na engrenagem.
Você sabe que, mais cedo ou mais tard,e a pedra vai rolar, a engrenagem vai voltar a funcionar e a água vai correr.

E ai o operador se pergunta:


– Por que diabos um dia tentei fazer a roda parar de girar e represar água que foi feita pra correr? 
Cansei de ver essa repetição: essa água corre pra cá, corre pra lá. Sempre igual, sempre igual! Eu tava era ficando louco!

Percebendo que a engenhoca o havia vencido no jogo de forças, resolveu aceitar seu movimento e jogar umas cores, uns peixinhos e o que mais pintasse por aí. Refletindo para si mesmo, disse ele:

– Sabe…agora até parece que está vivo esse bando de madeira com um círculo. Tá bonito de ver!”

E o moinho gira.
Gira.
Gira.

 

moinho
Pintura de Stanislaw Wilk

Deixe sua marca por aqui! Adoraria ouvir o que você tem a dizer!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s